quarta-feira, setembro 14, 2005

Manifs

O governo proibiu o protesto dos militares, que estava marcado para ontem entre o Marquês e o Parlamento, ou melhor, não proibiu, declarou ilegal. Como alternativa, os militares decidiram que serão as suas esposas, no próximo dia 21 a fazer o protesto no mesmo local e à mesma hora.
Além de tornarem ilegal o direito ao protesto por parte dos militares, autorizam mais uma manif da frente nacional, esses nazis de meia tigela que não entendo bem contra o que protestam, a não ser talvez contra a falta de ética e inteligência, que os elementos que aderem a este tipo de manifs apresentam.

2 Comments:

Blogger xatoo said...

pois
Se os militares infringissem o RDM chamava-se a Nato?
assim, sendo as esposas como é?,,, chama-se a Nata?

8:22 da tarde  
Blogger Pablo said...

Realmente n faz sentido.

8:40 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home