quinta-feira, junho 09, 2005

A ignorância sai mais cara que a educação

Portugal tem uma percentagem de utilizadores de internet que ronda os 30 a 40 % da população nacional. A nível da europa são números desastrosos. O que eu estou interessado em saber é se estes números percentuais são resultado do fraco nível económico ou do fraco nível cultural? Ou de ambos? e qual tem mesmo assim mais influência. A velocidade a que vive a sociedade de hoje é enorme comparando com o ritmo a que tudo se desenrolava há 50 anos passados. A nível das massas médias tudo era muio mais distante a nível de informação, sem televisão e sem internet a informação era pouco difusa e lentamente se propagava...esta evolução lenta, promoveu um estado de realidade em atraso dos acontecimentos a nível da população global. Acontecia assim com a maioria, só uma pequena elite tinha acesso à rádio além das potências militares. Com o aparecimento dos mostradores de sinal e a computação de sistemas, implementados às redes de informação, depressa passámos a viver na era da comunicação. Mas na era da comunicação é necessário saber lidar com os meios de comunicação, capacidade desenvolvida pelo sistema educacional e qualidade dos seus resultados.
Aqui neste bocadito de terra ainda mandam ideais que nada têm a ver com o nosso tempo.
Pelo investimento na educação, qualidade e segurança de emprego e garantia de qualidade social não se manifestam os altos cargos políticos e económicos.
Meus senhores, temos dois polos de comunicação globais bem definidos, o poder político a par com a economia utilizam-se dos meios existentes a seu favor explorando o 'polo' de mais baixo potêncial degradando assim a situação sócio-cultural desse mesmo 'polo', sempre justificando esses resultados pela fraca prestação dos que trabalham e têm que consumir e investir à parva sem saber que vai cair tudo no mesmo sítio.. a velha técnica de discurso demagôgo. E no nosso país a balança que compara estes dois polos está a pender para a mesma ala há já desde que cá estou....
Então e as pensões dos senhores ministros! Porque será que eles têm o direito de ter e nós o dever de pagar? É a lei da constituição, e tal!...devia ser propostada para revisão.

1 Comments:

Blogger Gonçalo said...

Mudar? Mas alguma vez isto muda? Mudamos de governo, mudamos de gatunos e fica tudo nha mesma, uns acusam os outros e vice-versa! Eu não vejo grande futuro no nosso país, pois são raros os que gostam, vivem e sentem PORTUGAL a sério!! O que os políticos querem é encher a conta no banco, viajar e de resto tão se a cagar!! Ou melhor dizendo: - FALAM FALAM FALAM E NÃO DIZEM NADA!!
Um grande abraço Gonçalo!!

12:59 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home